Vídeos Interessantes > Toledo, Espanha

Toledo, Espanha. Um bate e volta de Madrid a Toledo.

Clique sobre a foto para ampliá-la

Vídeo em inglês por si explicativo...



Fernando Pessoa, o poeta português, escreveu que "o Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,/ Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia/ Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia". Mas para o povo de Toledo, cidade a 70 quilômetros de Madri e com 2.200 anos de história, os versos de Pessoa perdem, de certa forma, o sentido, porque o Tejo é sim o rio que passa aos pés daquela aldeia.

Calmo, no seu caminhar até Lisboa, quando encontrará o Atlântico, a parte espanhola do Tejo é chamada Tajo e protege a multicultural Toledo, hoje longe de ser apenas uma aldeia cravada no monte que, durante a dominação romana nos seus princípios, foi consagrado a Vênus – a deusa da beleza –, que ainda parece proteger seu patrimônio histórico-cultural, tombado pela Unesco em 1986 como um dos bens inestimáveis da Humanidade.

Há quem diga que Toledo seria uma segunda Roma ou, como o próprio Miguel de Cervantes escreveu, quando fez o seu Quixote passear pela região, um "berço de civilizações", já que a cidade é uma das poucas que ainda conserva com o passar do tempo a influência recebida das três grandes religiões monoteístas: o cristianismo, o islã e o judaísmo.

Muito dessa herança está mesclada em características arquitetônicas, gastronômicas, musicais, mas também pode ser identificada em sinagogas, mesquitas e igrejas, cada uma mantendo o projeto artístico e religioso que cada religião professa. A Puerta del Judío, por exemplo, datada do século 12 abre passo para casas com vestígios das mikwa, banhos para rituais judaicos, e também para as sinagogas de El Tránsito e de la Blanca cuja arquitetura foi mesclada com características muçulmanas, especialmente no que se refere à folhagem decorativa.

Na cidade também existem os Banhos de Tenerías e de Caballel, construções muito representativas da cultura islâmica como também são as mesquitas de Las Tornerías e de Cristo de la Luz, essa última já um exemplo da fusão com a cultura cristã que, com a expulsão dos judeus do reino de Espanha e o término da reconquista em 1492, depois de oito séculos de batalha dos reis espanhóis para retomar as terras do domínio árabe, passou a predominar de maneira oficial.

A expressão maior do cristianismo em Toledo é a Catedral Primada, em estilo gótico, iniciada no século 13 e finalizada no século 15, em tempos dos reis católicos, o edifício construído todo em pedra branca guarda tesouros das artes plásticas, como quadros de Caravaggio, Renoir, Tiziano, Goya, Van Dyck, Rafael, El Greco, sendo este último um dos prediletos da cidade, que mantém um museu dedicado a ele na casa onde viveu e morreu. Na igreja também estão enterrados reis e rainhas, como Alfonso VII e Catalina de Lancáster. De todas as armas - No entanto, a cidade vai além da religião. Por sua situação geográfica próxima à capital, Toledo serviu também como ponto estratégico de defesa militar, como comprova o Alcázar, um edifício majestoso situado na colina mais alta da cidade, a 548m de altura. O atual prédio tem as formas da remodelação feita a mando do imperador Carlos V, no século 16, mas suas origens datam do século 3, quando era um palácio romano (o visitante pode visitar o sítio arqueológico). Hoje, é sede do Museu o Exército e dono de umas das vistas mais espetaculares da cidade.

Vista que também pode ser apreciada do alto de uma das duas torres da Igreja dos Jesuítas, com direito a panorâmica do próprio Alcázar, da torre da Catedral Primada, das muralhas e pontes, como a Ponte de San Martin e a Ponte de Alcântara. No Mirador de Santa Ana, por exemplo, o turista estará no alto de um precipício à margem do Tejo e de frente para a Roca Tarpeya, formação rochosa homônima à existente na Itália, cuja lenda conta que, na época da dominação romana na Espanha, os representantes de Roma obrigavam aos condenados à morte por heresia contra o panteão dos deuses a saltarem ao encontro das águas do rio.

Lendas ou realidades históricas à parte, Toledo é uma joia situada no caminho de Quixote, cujos trechos do famoso livro de Miguel de Cervantes podem ser ouvidos nas ruas declamados por companhias de teatro enquanto se desfruta da gastronomia local, cujo prato estrela é a perdiz estofada, que leva em sua receita vinagre, ervas aromáticas e a própria ave que deve ser abatida dias antes de completar um ano de idade.

Sempre acompanhado de um bom vinho espanhol, o visitante, especialmente o brasileiro, desfrutará de um momento único que, com muita atenção, inebriado pela brisa que sobe o monte, ficará marcado para sempre com o cheiro fresco das águas do Tejo, o rio mais bonito que por ali passa e pelo qual, como no poema de Pessoa, "vai-se para o Mundo".

Localização

Toledo está na Espanha Central e integra a comunidade autônoma de Castilha e La Mancha. Está a 71 km de Madri.

Fonte: UOL Viagens em http://viagem.uol.com.br/
0 Responses

Postar um comentário