Muita Grana Por Um Quadro



Nova York - Uma pintura de Mark Rothko se converteu nesta terça-feira na obra de arte contemporânea mais cara do planeta ao ser arrematada por 86,9 milhões de dólares em um leilão da casa Christie's em Nova York.

"Orange, red, yellow" superou o recorde do próprio artista russo-americano (US$ 72,84 mi), em uma jornada que totalizou 388,5 milhões de dólares em vendas, o maior valor já atingido em um leilão de arte contemporânea desde 2007, destacou a Christie's.





Nosso Debate: Vocês não acham que é muito por um quadro laranja, vermelho e amarelo?

Fonte:  Revista Exame
0 Responses

Postar um comentário