Brasil & China

 
BRASÍLIA - Brasil e China vão assinar em torno de 20 acordos em diferentes áreas durante a visita de Estado da presidente Dilma Rousseff àquele país na semana que vem. Há memorandos de entendimento nas áreas de defesa, agricultura e educação, entre outras. Mas também há acordos entre empresas para obras de infraestrutura e desenvolvimento de novas tecnologias. 

A seguir, a lista dos acordos a serem assinados:

Defesa
- Cooperação em produtos e serviços de defesa, incluindo a troca de conhecimento e experiência em tecnologia e intercâmbio sobre a atuação nas operações de paz das Nações Unidas (ONU).

Recursos Hídricos
- Memorando de entendimento para cooperação científica no gerenciamento sustentável e proteção dos recursos hídricos.

Inmetro
- Dois memorandos de entendimento entre o Inmetro e o laboratório afim chinês para troca de experiências sobre produtos, pesos, medidas, garantias, certificados de qualidade, etc. A intenção é aumentar o conhecimento e chegar a uma padronização da qualidade que será obrigatoriamente seguida pelos dois países nos produtos exportados.
Agricultura
- Memorando de entendimento com a Embrapa para pesquisa de inovação agrícola;
- Memorando de entendimento para promoção de pesquisa e tecnologia em agricultura tropical;
- Formalização da instalação de mais uma unidade Labex (Laboratório Virtual da Embrapa no Exterior). Já existem Labex's da Embrapa nos EUA, França, Inglaterra e Coreia do Sul.

Esportes
- Memorando de entendimento para troca de experiências na organização de grandes eventos;
- Memorando de entendimento para troca de experiências em esportes de alto desempenho, medicina esportiva e doping.

Nanotecnologia
- Memorando de entendimento para criação de um centro de pesquisa Brasil-China para pesquisa em nanotecnologia.

Bambu
- Memorando de entendimento sobre tecnologia do bambu, incluindo a cadeia de produção e diferentes aplicações.

Biocombustíveis
- Memorando de entendimento para promover parcerias para o desenvolvimento de biocombustíveis de segunda geração.

Confúcio
- Acordo entre a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o ministério que trata da educação superior na China para instalação do Instituto Confúcio.

Educação
- Memorando de entendimento entre a Capes e o China Scholarship Council para intercâmbio de professores, pesquisadores e estudantes em programas de treinamento profissional.

Empresas
- Memorando de entendimento ente a Eletrobrás e a State Grid para desenvolvimento de linhas de transmissão de longa distância;
- Memorando de entendimento entre a empresa ZTE (eletroeletrônica) e a prefeitura de Hortolândia (SP) para a instalação de um polo de produção industrial no setor de telecomunicações, em um investimento de US$ 200 milhões;
- Protocolo entre o governo da Bahia e empresas chinesas para instalação de empresas de processamento de soja em Barreiras;
- Acordo de cooperação entre a Petrobrás e a Sinochem para desenvolvimento de tecnologias de prospecção;
- Acordo de cooperação técnica entre Petrobrás e Sinopec para troca de experiências em pesquisas geológicas;
- Contrato de encomenda/venda de aeronaves entre a Embraer e empresas chinesas de aviação regional.

Fonte: O Estado de São Paulo - 08 abr 01
Nosso Debate: O que acham dos acordos?
0 Responses

Postar um comentário