Sugestões de Leitura > A História do E-mail


O correio eletrônico é anterior ao surgimento da Internet

Apesar de parecer mais jovem, o e-mail já está perto dos 40 anos. Mais precisamente, completou 38 anos em outubro passado. O e-mail nasceu em outubro de 1971, na cidade americana de Cambridge (no estado de Massachusetts), em um laboratório da BBN. Essa empresa era uma das envolvidas no projeto da Arpanet, uma rede precursora da internet desenvolvida pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

O pai da criança foi o engenheiro Ray Tomlinson. Ele enviou uma mensagem de um computador para outro, e escolheu o símbolo @ para separar o nome do usuário do computador provedor. Em inglês, o nosso "arroba" é lido como "at", que significa "em". O primeiro endereço de e-mail criado foi o tomlinson@bbn-tenexa.

Antes de chegar ao e-mail, Tomlinson somou as funcionalidades dos aplicativos SNDMSG (uma contração da expressão em inglês "send message", ou seja, "enviar mensagem") e o Readmail, para leitura de correio. Mas esse sistema permitia apenas o compartilhamento de textos.

O engenheiro também trabalhava em um protocolo chamado CPYNET, para transferência de arquivos entre computadores conectados em rede. Ao juntar os dois programas, ele conseguiu enviar uma mensagem para seus colaboradores, anunciando sua criação.

Durante boa parte de sua história, o e-mail era usado majoritariamente por militares e pesquisadores da área de computação. Só com o desenvolvimento da Internet, o uso do correio eletrônico se popularizou entre usuários domésticos e empresas.


Fonte: Telecentros

0 Responses

Postar um comentário