1a. Ex-República Soviética a Entrar para a Z





A Estônia se tornará no sábado a primeira das ex-repúblicas soviéticas a ingressar na zona do euro, que já integra 16 países.

Em julho, os ministros de Finanças da UE (União Europeia) aprovaram a entrada da república báltica na zona do euro a partir de 2011 e fixaram a taxa de câmbio em 15,6466 coroas estonianas por euro.

Para o governante Partido das Reformas, esta foi a maior conquista da Estônia em 2010, junto com a recuperação da confiança e a estabilidade da economia, além da redução do desemprego, que de março a novembro caiu de 14,6% para 10,3%, segundo a agência Regnum.

O ministro das Finanças da Estônia, Jürgen Ligi, ressaltou que ao longo de 2010 o país continuou colocando sua economia em ordem, o que levou ao reconhecimento internacional e ao direito de ingressar na zona do euro.

Fonte: Folha de São Paulo

Nosso Debate: Qual o interesse de se colocar a Estônia na Comunidade Europeia? Estratégico? Lembrem-se que estudamos sobre este país e a renda per capita girava em torno de US$ 14.000. Parece que não são tão fraquinhos assim...

0 Responses

Postar um comentário