Portugal



O anúncio ocorreu nesta semana, durante a comemoração do Dia Europeu Sem Carros.

O secretário de Estado de Transportes de Portugal, Carlos Correia da Fonseca, apresentou, junto aos responsáveis de uma empresa lisboeta de ônibus, novos veículos que permitirão o acesso livre à rede através de computadores e telefones celulares.

“O inimigo é o carro. Os transportes públicos não podem roubar clientes uns dos outros, mas precisam trabalhar em conjunto para resgatar usuários do transporte individual”, explicou Fonseca.

A capital portuguesa, que registra elevados níveis de poluição, tem sérios problemas de tráfego e seus principais pontos de entrada e saída costumam registrar retenções quilométricas.

Durante as comemorações do Dia Europeu Sem Carros, na última quarta-feira (22), a prefeitura de Lisboa aproveitou também para lançar um plano através do qual a cidade contará com pelo menos 70 quilômetros para a circulação de bicicletas.

O vereador José Sá Fernandes, responsável por questões relacionadas a meio ambiente na Câmara de Lisboa, estimou que em 2011 as ciclovias estarão prontas, assim como o sistema de uso público de bicicletas, que já acontece em outras cidades.

Atualmente é possível percorrer em Lisboa 35,6 quilômetros em 22 trechos adaptados para o uso de bicicletas em diversas áreas da cidade e já existem 400 praças para estacioná-las.

(Fonte: Folha.com)

De: Ambiente Brasil, newsletter - Brasília, DF, 24 09 2010

Nosso Debate: O que acham da ideia? Serviria para São Paulo?
0 Responses

Postar um comentário