EUA e Desemprego



O desemprego está afetando a recuperação econômica dos EUA. Eles tiveram 221 mil empregos perdidos em julho aumentando, com isso, a taxa de desemprego para 9.5%. Segundo o Departamento de Trabalho, há 14,6 milhões de desempregados nos Estados Unidos. O resultado da crise econômica mundial não assombra somente os Estados Unidos, mas também a Europa e, em especial, a Espanha. O presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, anunciou que fará uma "reforma profunda" nas políticas de emprego, tema que considera "a grande prioridade social" em um país com 4,6 milhões de desempregados, mais de 20% da população ativa. Ontem, o Eurostat (órgão oficial de estatística da zona do euro) divulgou estimativa de que em toda a União Europeia havia 23,06 milhões de pessoas desempregadas, das quais 15,77 milhões pertenciam à zona do euro.

Nosso Debate: No lugar de Obama ( EUA ) e Zapatero ( Espanha ), como você administraria esse problema? O que você entende pela "reforma profunda" anunciada por Zapatero?





0 Responses

Postar um comentário