Arquivo Fotos do Dia


Das margens do rio Tejo, em Lisboa, saíram os aventureiros portugueses a buscar o caminho marítimo para as Índias.

Foi a partir desse porto que os conquistadores lusitanos atravessaram o Oceano Atlântico e chegaram a um novo mundo, chamado Brasil.
O Atlântico, o grande mar entre a Europa e as Américas, fica a quase 20 quilômetros de Lisboa. Navegando pelo rio Tejo se alcança o mar.
Naquela época, por volta do ano 1500, no rio Tejo existia uma praia chamada Restelo, de onde partiram as caravelas de Pedro Álvares Cabral. Para comemorar o descobrimento das novas terras, o rei d. Manuel I mandou construir dois monumentos na praia do Restelo: a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerônimos. São duas construções magníficas que recordam a época mais gloriosa da história de Portugal, quando o país era uma das maiores potências da Europa.
A Torre de Belém servia de proteção e de lugar de vigilância, onde soldados observavam a chegada dos navios. No Mosteiro dos Jerônimos foram colocados os túmulos do navegador Vasco da Gama e do poeta Luís de Camões, que no livro Os Lusíadas narrou a bravura dos viajantes portugueses.
Há poucos anos, Portugal comemorou novamente as grandes descobertas. Perto da Torre e do Mosteiro, mandaram erguer um outro monumento: o Padrão dos Descobrimentos. É uma grande estátua com a figura de navegadores e de d. Henrique, rei de Portugal no começo das grandes navegações.

Em 1755, Lisboa sofreu os efeitos de um terrível terremoto, que destruiu muitos documentos sobre o descobrimento do Brasil e mudou a cara da cidade...

Fonte: Canal Kids
0 Responses

Postar um comentário